Come back Cintia, the movies miss you

Movies just aren't magical without youO e-mail com essa mensagem eu recebi em 5 de maio, mas só agora encontrei tempo para comentar.

Achei incrível essa ação de Marketing de Relacionamento, que foi enviada pela empresa do meu “cartão fidelidade” (Scene Card) do Cineplex, a rede de cinemas mais famosa daqui.

O e-mail traz o seguinte pedido: “Volte Cintia, os filmes sentem a sua falta”. E ainda completa: “Os filmes simplesmente perdem a magia sem você. Faz tanto tempo desde que vimos você no cinema”.

Pode parecer uma ação boba, mas cai como uma luva para o seu público-alvo, os cinéfilos. O sistema identificou que eu costumava ir ao cinema com certa frequência e que já faz bem uns 2 ou 3 meses que eu não vou. Ora, é claro que, como cinéfila, eu sinto falta de ir ao cinema, mas a falta de tempo e outras circunstâncias me impedem de ir. Receber então uma mensagem dizendo que os filmes também “sentem minha falta” é um mimo muito bemvindo.

Essa frase me fez ainda refletir sobre tudo o que tenho sentido falta de fazer. Aquele tipo de coisa que você gosta de fazer, mas tem de deixar de lado em favor de outras. De tão características, elas fazem parte da sua própria essência e parece até que você não se sente você mesmo quando deixa de fazê-las. Escrever foi a primeira coisa que me veio à mente. A imagem do meu blog pedindo para que eu voltasse me abriu um sorriso desses de canto de boca, pelo absurdo: “Volte Cintia, o blog sente a sua falta”.

Bem, farei o possível para atender ao seu pedido.